20 Razões para amar uma mulher que viaja sozinha

Viajar com certeza expande nossos horizontes, abre nossa mente para novas experiências e culturas e traz recompensas inesgotáveis, seja em forma de lembranças ou de crescimento pessoal.

De acordo com Vitória Cox, do Life Hacks “viajar sozinho pode ser uma empreitada audaciosa, independente de gênero, mas há algo em relação a mulheres que decidem sair de suas zonas de conforto e encarar o desconhecido que as torna pessoas maravilhosamente empolgantes…”. Quer saber mais sobre por que elas são tão interessantes?

Confira as razões abaixo:

1. Elas valorizam sua independência

Mulheres que viajam sozinhas têm um senso de independência que é extremamente prazeroso. Poder sentir que você tem a força e a capacidade de se virar sem ajuda, de comprar suas coisas, de resolver problemas por conta própria e de fazer o que bem entender, não tem preço.

2. Elas precisam de espaço

É muito saudável manter uma boa dose de individualidade dentro de uma relação. Mulheres que viajam sozinhas não buscam alguém que as completa, elas se sentem confortáveis com elas mesmas e querem uma pessoa que lhes ofereça companheirismo, cumplicidade, amor e respeite sua liberdade.

3. Elas têm uma relação saudável com o medo

Mulheres que rotineiramente se abrem para novas experiências não deixam o medo ficar em seu caminho. Elas se sentem bem atingindo seus limites e não se deixam levar pela ideia de que o mundo é um lugar perigoso. Isso não quer dizer que elas correm riscos desnecessários e se colocam em situações de risco, isso quer dizer que elas fazem o dever de casa com antecedência e ponderam os riscos e as recompensas.

4. Elas são espontâneas

Procurando uma mulher que tope as ideias mais loucas? Moças viajantes normalmente aproveitam qualquer oportunidade de sair da rotina. Monotonia é algo que temem profundamente. Antes de você terminar o convite para pegar a estrada no fim de semana, ela já estará entrando no carro.

5. Elas têm um estoque grande de força interior

Viajar sozinha significa inevitavelmente passar incontáveis horas tendo somente seus pensamentos como companhia. É preciso uma boa quantidade de resistência emocional para ficar confortável nessa situação e ainda lidar com os inúmeros imprevistos que ocorrem nas viagens. Sem alguém para dividir esses momentos de tensão, mulheres que aceitam esses desafios se tornam companhias de grande força interior.

6. Elas sabem que paciência é uma virtude

Uma das desvantagens de viajar é que, mais cedo ou mais tarde, você vai lidar com atrasos. Pode ser atrasos de voos, engarrafamentos, trens cancelados ou um taxista super lento, uma coisa que viajar nos ensina é a arte da paciência. Então, se vocês estiverem que enfrentar filas gigantes ou horas de rush juntos, ela vai levar numa boa.

7. Elas têm uma mente curiosa

Pessoas que curtem viajar para outros países e ter experiências com culturas estrangeiras tipicamente têm uma natureza curiosa. Estar com uma mulher que gosta de viajar sozinha quer dizer que você dificilmente vai sentir tédio. Ela tem uma personalidade investigativa e um apetite insaciável por aprender coisas novas.

8. Elas trabalham muito e se divertem ainda mais

Se você procura alguém para passear na praia depois de um dia inteiro de visitas a pontos turísticos, você está procurando uma mulher que viaja. Ela é alguém que vai topar continuar a diversão noite adentro e é uma companhia constante para mais uma cerveja e mais algumas risadas.

9. Elas se sentem confortáveis com a solidão

Quando você parte em uma viagem solo, vai passar incontáveis horas tendo apenas seu querido eu como companhia, normalmente durante os trajetos: no avião, no trem, no ônibus, enquanto vai do Ponto A ao Ponto B. Mulheres que viajam sozinhas ficam felizes em passar esse tempo com elas mesmas, perdidas em seus próprios pensamentos.

10. Elas têm a mente aberta

Viajar por si só já expande a mente, o que torna difícil continuar tendo preconceitos antiquados e crenças ignorantes. Essas mulheres têm uma vivência de mundo que as faz procurar muito mais similaridades entre culturas do que diferenças, e por isso, lidam com as dores alheias de forma mais empática, se afastam de julgamentos e discriminação e buscam tratar a todos com igualdade.

11. Elas desenvolvem seu lado responsável

Fazer uma viagem sozinha requer uma boa dose de planejamento e pé no chão, você tem que conhecer a si mesma e com o que você não se sente confortável. Ela saberá o que está e não está preparada para fazer e terá consciência de suas responsabilidades.

12. Elas confiam em sua intuição

Ser uma mulher que viaja quer dizer que você terá que enfrentar potenciais riscos em alguns países. Estar ciente desses riscos faz com elas frequentemente tenham que confiar em sua intuição para se manterem seguras. Elas têm que ser astutas para identificar uma situação em que pode causar problemas e assim, evitá-la.

13. Elas são decididas

Estar tão conectadas com sua intuição e senso de responsabilidade quer dizer que elas normalmente não hesitarão ao tomar decisões. Elas sabem o que querem e não tem medo de correr atrás disso.

14. Elas têm uma boa noção de finanças

Uma das grandes capacidades de um viajante nato é lidar com dinheiro e adequar seu orçamento. Mulheres que viajam sozinhas têm uma boa noção a respeito de custos, despesas, prioridades e controle financeiro para se manterem dentro do que foi planejado. Dificilmente vão gastar com coisas desnecessárias.

15. Elas são divertidas para conversar

Ao passar longos períodos sozinhas, essas mulheres adquirem uma habilidade para começar a conversar com estranhos. Falar com pessoas de países exóticos é uma ótima chance de treinar seu lado comunicativo, e elas nunca ficarão sem tópicos e assuntos para discutir.

16. Elas têm várias histórias interessantes para contar

Viajar sempre nos coloca em situações inusitadas e em momentos de aperto dos quais tiramos boas risadas depois de um tempo. Essas mulheres provavelmente terão uma série de histórias hilárias e aventuras loucas para contar.

17. Elas dizem “sim” para a vida

Mulheres que viajam inevitavelmente desenvolvem uma visão apaixonada da vida e um estado mental positivo. Como resultado, elas têm uma tendência a se abrirem para novos desafios e viverem experiências diferentes.

18. Elas estão constantemente expandindo sua zona de conforto

Elas buscam auto-motivação constante para saírem de suas zonas de conforto. Elas testam seus limites e tentam coisas novas, tem pavor da monotonia e da estagnação. Uma mulher que viaja está sempre colocando sua vida em movimento.

19. Elas são uma ótima fonte de informações

Há momentos durante a viagem nos quais precisamos lidar com situações incômodas como um passaporte roubado, bagagem extraviada, endereços errados… depois de passar por toda sorte de intempéries, mulheres viajantes podem auxiliar outras pessoas com esse tipo de problema, elas saberão como proceder para resolver as coisas da melhor forma possível.

20. Elas vivem um dia de cada vez

Elas estão cientes da efemeridade da vida e fazem cada dia valer a pena. Elas focam, antes de tudo, em estar no momento presente e não se angustiar com hipóteses, preocupações desnecessárias e problemas que nem sequer existem. Elas mantém sua mente saudável e constroem uma postura de gratidão perante o mundo e as outras pessoas.

 


E aí, se identificou com os motivos acima? Compartilhe e mostre para outras mulheres o quanto viajar sozinha faz bem para a sua relação com você mesma e com as outras pessoas.

E deixe seu comentário dizendo o que você acrescentaria (ou tiraria) da lista =D

Texto adaptado do original em inglês,disponível no site Life Hack

 

Um comentário sobre “20 Razões para amar uma mulher que viaja sozinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *