Turismo e corrida: que combinação linda!

Um dos melhores jeitos de conhecer um novo local é ir a uma corrida-turística. Você fica por dentro das paisagens, dos monumentos, descobre lugares legais inesperados e absorve a vibração local. Ah! E além disso, você pratica exercícios.

Se você odeia correr, talvez você só odeie correr na esteira ou pela sua conhecida vizinhança. Tentar uma corrida leve por um ambiente novo enquanto observa seus arredores pode fazer sua mente se esquecer do esforço físico.

Aqui estão algumas dicas que podem te estimular a correr enquanto conhece lugares novos:

1) Pesquise sobre a área

Consulte um mapa para ver as características da área. Pegue uma imagem de satélite se puder. Algum rio ou parque está ligado à cidade? Há um emaranhado de trilhos de trem ou a área parece deserta? Cheque o terreno. Antes de viajar para Luxemburgo pela primeira vez, eu consultei meus guias de praxe e vi muitos círculos amplos e convidativos. Então eu consultei o mapa de elevações e vi muitas subidas e descidas bruscas. Ai! Não é preciso dizer que optei por uma das rotas mais planas.

Analise os bairros por onde está considerando passar. Há lugares perigosos? Há áreas comerciais que podem estar lotadas durante a hora do rush matinal ou áreas turísticas que podem estar congestionadas na hora do jantar?

2) Planeje sua rota

Crie sua rota. Identifique os pontos-turísticos por onde quer passar ou restaurantes que quer checar.  Visite o Runnersworld ou o WalkJogRun e use as ferramentas de rota interativas, onde você pode montar sua corrida e até medir a distância. Se possível, imprima a rota e leve-a com você.

3) Siga os passos de outra pessoa

Com certeza alguém já correu pelo lugar que você está visitando, você pode até pesquisar de acordo com a distância que quer percorrer. Pergunte em seu hotel/hostel por um mapa ou encontre outros corredores na internet. Se você nem sempre tem tempo para planejar rotas, tente o GPS. Ele calcula a milhagem e outros dados, e faz você voltar para o ponto inicial.

4) Apronte-se adequadamente

Cheque a previsão do tempo. Você vai precisar de shorts ou calças de ginásticas? Uma jaqueta corta-vento ou uma camiseta? Se a previsão indica chuva ou neve, tenha em mente que ainda é proveitoso correr em condições adversas se você tem um equipamento adequado. Um bônus de correr com o tempo fechado é que as ruas ficam mais vazias e você terá a cidade só para você.

5) Faça disso algo coletivo

Há algum tour de corrida oferecido no lugar para onde você vai? Elas normalmente são limitadas a grupos pequenos, e lideradas por um habitante nativo que vai chamar sua atenção para os pontos turísticos e responder qualquer pergunta. Tipicamente, o ritmo é prazeroso e várias distâncias ficam disponíveis. Junte-se à comunidade de corredores local. Cheque online ou pergunte em seu hotel/hostel.

6) Encontre um parceiro.

Use as redes sociais para pedir a amigos e locais por alguma referência ou use o MeetUp e o WalkJogRun para entrar em contato com algum corredor local que pode te mostrar o lugar. A parceiragem da corrida transcende fronteiras e muitos corredores adoram mostram suas rotas preferidas a outras pessoas.


E aí, o que você acha desta ideia? Se correr não é seu forte, como você faz para manter a forma enquanto viaja?

Texto original: Go Girl Guides

Um comentário sobre “Turismo e corrida: que combinação linda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *